Neo City Uol

O que aconteceu após o golpe militar de 17 anos atrás...


    Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Compartilhe
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Qui Nov 19, 2015 3:26 pm

    - É claro que não, Yumi. Você é diferente, é gentil, eu não te faria mal... você, digo, sim somos amigos. Prometo que não irei te comer.

    A palavra tinha um gosto especial para o enorme dragão, ela era a primeira pessoa que o considerava algo diferente do que um monstro ou um animal, e isso ele queria que continuasse, por isso a sua preocupação e insistência para que ela ficasse na caverna. Baixou e aproximou o focinho até a cabeça dela e a farejou, e com um empurrão de leve a faria voltar para a entrada do covil.

    - Fique aqui, eu lhe trarei frutas, se é isso o que você prefere. E sim irei voando, é mais fácil de encontrar presas e também mais eficiente de apanhá-las. Quero que fique em segurança. Se quiser mesmo ir, então prefiro que venha comigo.




    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Qui Nov 19, 2015 3:47 pm

    Yumi tinha essa facilidade de ver alem da carapaça que os seres usavam, ou era apenas ingenuidade da demonesa. Mas ela ficou muito feliz quando ele a chamou de amiga. Ela dava pulinhos de felicidade quando ele a farejou.

    - Você é tão fofo Venkar! Estou muito feliz que tenhamos nos conhecidooo

    Ela falava euforica e abraçava o focinho dele.

    - Não quero ficar aqui! Também quero conhecer mais desse lugar, mesmo sendo a noite.

    Ela sorria e avaliava os espinhos nas costas dele.

    - Eu preferia ir com você então! Mas...será...que...eu podia ir nas suas costas?

    Ela falava meio sem graça, não queria que ele se ofendesse. Mas ela queria curtir mais o vôo.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Qui Nov 19, 2015 4:20 pm

    - Foi por isso que me deitei, e se acomode entre as minhas asas, lá é mais seguro e você poderá se segurar.

    Achou divertido a forma que ela o chamou, ele, fofo. Assim que ela se acomodou em suas costas, o grande dragão se levantou e com um grande salto ganhou o céu. Yumi podia sentir sob seus pés a musculatura potente trabalhando sob o couro escamoso, a cada batida vigorosa das asas de seu amigo. Em alguns instantes as árvores já estavam lá embaixo, ele nivelando o corpo para planar e descansar um pouco, seus olhos aguçados varriam a paisagem á frente, á procura de rebanhos de animais.... e até de algum infeliz povoado humano. Ainda desejava se vingar, e aproveitar para comer também.

    Logo a raposinha veria que ele não era tão fofo assim....
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Qui Nov 19, 2015 8:49 pm

    Ela subiu animada no dragão e se acomodou onde ele sugeriu. Segurando em um de seus espinhos, ela estava pronta para aquela nova experiencia.

    Tão logo ela subiu, ele iniciou o seu vôo. Ela ficava um pouco nervosa no inicio, mas depois foi relaxando e curtindo o vento e a noite. Voar era algo incrivel e inesquecivel.

    - Uhuuuuu!! Isso é incrivellll! Obrigada Venkar!

    Ela agradecia animada e olhava em volta. Aquela floresta era muito maior do que imaginava. Do alto eles veriam que se algum humano vivesse ali, seria uma exceção.

    Venkar, no entanto, poderia perceber uma movimentação. Os animais estavam parados, mas pareciam ter percebido uma sombra incomum nos céus, pois agora eles corriam se aprofundando ainda mais na floresta, onde a mata era um pouco mais densa.

    Quando olhasse com mais cuidado, o dragão perceberia que eram alguns veados, inclusive com filhotes.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Qui Nov 19, 2015 9:06 pm

    A kitsune podia ver que havia bastante lugar entre os músculos das asas para ela se sentar, e segurar confortavelmente nos espinhos dorsais do dragão, eles eram bem rijos e lhe fornecia suporte nas manobras que Venkar viesse a fazer no céu.

    Ele planava por um tempo, com as enormes asas abertas, e a atenção toda focada na paisagem diante de si. Então captou movimento e avistou o bando de veados se moverem para uma parte mais densa da floresta. Não respondeu á Yumi pois estava focado na caçada, e então ela podia perceber uma mudança súbita no padrão de vôo de seu amigo escamoso. Ele inclinou o corpanzil para a frente e batia as asas mais fortemente, ganhando pouco a pouco mais velocidade, até que colou as asas ao corpo e mergulhou!

    O solo da floresta se aproximava a uma velocidade espantosa á medida que o dragão mergulhava na direção do bando de animais que corriam. Se ela não se segurasse bem corria o risco de voar para fora das costas do dragão tal era o vento que zunia sobre a sua cabeça. Quando se aproximou o suficiente, ele abriu as asas de forma ampla para nivelar o corpo com o chão e tentaria colher dois animais, um com cada garra dianteira e se tivesse sorte um outro veado entre os dentes, quando deu um bote com o pescoço na direção de mais um animal fugitivo. Mesmo se não tivesse êxito, agora ele batia as asas para subir novamente, e tentaria mais uma vez, caso contrário, com animais presos em suas patas ele voltaria na direção do covil que agora considerava seu lar.
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Qui Nov 19, 2015 9:24 pm

    Yumi percebia que o estilo do vôo mudava e se incliou, colando o seu corpo no do dragão para que a pressão do vento não a fizesse voar longe dali. Ela ficava em silencio, não queria distrai-lo.

    Os veados corriam ziguezagueando na tentativa de fugir do predador, Venkar não teve dificuldade de pegar a presa da pata esquerda. E ele teria conseguido mais duas presas, se um veado musculoso não tivesse empurrando de lado um filhote, mas acabou sendo pego pela pata direita do dragão. Ele ficou sem a terceira presa, mas poderia tentar novamente. Ou se dar por satisfeito.

    Yumi assistia a tudo, inclusive ao sacrificio do veado. E lembrava dos seus pais. Não importava a especie, os pais sempre se sacrificava pelos seus filhos.

    - Deixa aquele filhote viver, Venkar. Deixa a morte de quem deve ser seu pai ter algum valor.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Qui Nov 19, 2015 10:26 pm

    O grande dragão não enxergava a situação da mesma forma que a Kitsune, o que ele tinha visto era que uma presa escapou e por sorte conseguiu capturar uma maior. Deu um bote com a bocarra mas errou o terceiro alvo por pouco.

    Mas estava satisfeito com dois animais, um em cada garra, ainda vivos mas bem presos entre suas unhas que furavam a carne dos mesmos. Então Venkar abandonou a perseguição e voou de volta para a caverna, mas antes de pousar, transferiu um dos animais para a bocarra, o segurando firme entre os dentes para não escapar nem se debater muito. Batendo as asas fortemente para se equilibrar enquanto pousava com as patas traseiras e uma dianteira.

    Uma vez no chão, ele segurou o veado que ainda estava em sua garra ocupada com a outra, e juntas, partiu o animal ao meio. Deixou as duas metades no chão empapando a grama com sangue morno enquanto levantava uma pata agora livre á boca, segurando o outro veado entre os dentes, e puxou, arrancando sua cabeça e a engolindo de uma vez. Em mais duas bocadas o animal já tinha sido devorado, com ossos pele e tudo.

    Só depois disso é que se lembrou que tinha uma passageira em suas costas e se deitou para que ela pudesse descer.
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Qui Nov 19, 2015 10:37 pm

    Eles aterrisavam e a garota percebia que ele tinha esquecido tanto de pegar comida pra ela, quanto de que ainda estava com ela nas costas. Ficava só observando o dragão guloso.

    - Você se esqueceu de mim...que coisa feia! Hunf.

    Ela sorria e descia dele, quando ele parecia se lembrar da existencia dela. Ela via-o comendo com toda aquela ferocidade, era algo assustador...mas tinha certeza que iria se acostumar com o tempo.

    - Se importa que eu pegue um pedaço do seu jantar?


    Ela remexia na bolsa e tirava uma faca, se ele permitisse iria cortar um pedaço do veado que ficou jogado no chão. Olhava para os lados, não tinha fogo..teria que ser à moda antiga. Mas ela parou por um momento e olhou para o seu amigo, será que além de acido ele teria fogo também? Afinal era uma criatura tão magica quanto ela.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Qui Nov 19, 2015 10:54 pm

    Ficou deitado até ela descer de suas costas, e a observava com um dos olhos. Sua mandibula estava avermelhada devido ao sangue de sua refeição, e suas unhas das patas dianteiras também estavam rubras. Porém ele não fez nenhum gesto hostil contra ela. Em vez disso rosnou baixinho, a respondendo.

    - .. sim pode, eu o separei em duas partes justamente para que ficasse com uma delas. E eu não esqueci de você... estava com fome, e... bem eu esqueci, desculpe.

    Respondeu um pouco sem jeito enquanto voltava a se levantar, observando o que ela fazia. Quando tirou a arma de metal, seus olhos se estreitaram, seus musculos ficaram tensos. Aquela arma lhe trazia lembranças ruins... mas nada comentou. Se acalmou um pouco quando percebeu que ela usava a pequena lâmina para cortar tiras da carne do animal morto. Percebeu ela olhando para os lados e perguntou, estranhando um pouco ao ver ela olhando para ele.

    - O que foi? Parece que está procurando algo.
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Qui Nov 19, 2015 11:09 pm

    - Ta bem, ta desculpado!

    Ela sorria e cortava a carne da barriga do veado, mas apoiava nele mesmo. Estava destraida e não havia notado a apreensão do dragão.

    - Estou..espera um minuto.

    Ela deixava a faca em cima da carne e se afastava um pouco dele, saindo do covil, mas ainda estando nas vistas dele. Sabia que o dragão ficaria inquieto se ela se afastasse muito dele, e isso a reconfortava.

    Yumi, subia em uma arvore e tirava umas folhas grandes e tirava uns galhos, colocando em baixo do braço. Quando olhou mais pra cima, via um fruto grande cheio de espinhos ou parecia ser espinhos. Ela conhecia aquela fruta, era graviola. Ela subiu mais um pouco e quando estava prestes a pegar, o galho que estava apoiando o pé partiu e ela perdeu o equilibrio e caiu com todo o corpo no chão.

    - Outch!

    Ela ficava no chão por um tempo, meio zonza com a queda. Parte do impacto tinha sido amortizado pelas suas caudas, mas ainda sim doia. E pior, não tinha pego o fruto, aquela queda nem tinha valido a pena...ela lamentava.

    - eu to bem...to bem...

    Gesticulava com a mão, mas continuava deitada, tinha impressão de que tudo doeria quando se levantasse.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Qui Nov 19, 2015 11:26 pm

    Eles estavam diante da entrada da caverna, o dragão não tinha entrado quando pousou e partiu o veado ao meio. Observava o que ela fazia, acompanhando os seus passos com o focinho. Ele ficava pensando o que ela pretendia fazer, quando subiu na árvore.

    Assim que tentou pegar o fruto e escutou o estalo do galho, o dragão se aproximou a largos passos e assim que a viu caindo, esticou uma das garras na tentativa de apanhá-la no ar.

    - Yumi !!!!

    Caso tivesse sucesso ela não teria se ferido nem estaria dolorida, e a trazia para perto de si, falando em um tom baixo e levemente severo. Quase como se estivesse dando um sermão, mas um sermão gentil.

    - Deveria ter me dito o que pretendia fazer, eu pegaria o fruto para ti. Precisa ser mais cuidadosa... eu não quero que se machuque.

    Agora caso ele não chegasse a tempo, ficaria com a garra a poucos centímetros dela e dava mais passos se aproximando, claramente preocupado.

    - Yumi!! Está ferida? Se machucou? Porque não pediu para que eu colhesse o fruto para você?

    Perguntava de um modo atencioso e gentil, um contraste enorme com a fera que tinha despedaçado e devorado um veado em três bocadas de modo selvagem. A levantava do solo com as duas garras, mas a mantendo deitada e trazia para perto de si, de seu torax musculoso e entrava na caverna, andando com dificuldade mas decidido á cuidar de sua amiga querida.


    Última edição por Venkar em Sex Nov 20, 2015 8:32 am, editado 1 vez(es)
    avatar
    Tetsuya Kitsune

    Mensagens : 237
    Data de inscrição : 16/10/2015
    Idade : 29
    Localização : ViolentoLand

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Tetsuya Kitsune em Sex Nov 20, 2015 6:01 am

    A luz do sol parecia esvair-se do céu rapidamente, quase como se o entardecer chegasse subitamente. Na floresta, uma grande variedade de aves alçava vôo, como que assustadas por algo. O vento parou de soprar, muito embora sussurros distante parecessem vir ao longe.

    Ao que o dragão e a kitsune olhassem para o céu, notariam uma nuvem negra enorme cobrir lentamente o céu. Não demonstrava o mesmo aspecto obnubilado de nuvens comuns, porém, e sim particulado, como milhares de pequenos pontos que aglutinavam-se para formar uma única massa coesa, arrastando-se pelo céu. Ao que a nuvem se aproximava mais - muito mais rapida do que uma nuvem de verdade - ambos teriam uma idéia melhor do que se tratava; era uma espécie de enxame gigantesco, cobertas por uma fuligem negra exalando um odor pútrido e demoníaco, uma espécie de miasma que o proprio enxame gerava.

    Uma espécie de inseto cinza-escuro, quase do tamanho de uma pessoa adulta parecia estar muito mais adiantado que aquele enxame,voando baixo provavelmente a procura de alguma presa.E havia achado, seguindo o cheiro de sangue de veado: voava na direção de Venkar e Yumi, o enorme ferrão como uma lança em destaque em seu corpo de quitina. Os olhos e antenas/chifres brilhavam num amarelo putrido, como se portassem internamente algo cáustico, venenosamente perigoso.O bater dos 2 pares de asas criava um zumbido caracteristicamente semelhante a um sussurro do além, um lamento fantasmagórico assustador...

    O inseto ainda estava longe o bastante para terem tempo de se prepararem, mas muito em breve já estaria ali.

    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Sex Nov 20, 2015 12:49 pm

    Por muito pouco o dragão não conseguiu pega-la. Ele poderia sentir as caudas dela passando por entre suas garras. No chão, Yumi olhava para cima e via a feição preocupada do amigo.

    - To bem, só um pouco dolorida da queda. Desculpa, achei que conseguiria..e teria conseguido, mas o galho partiu. Foi muito azar.

    Era suspendida por ele e levada para perto dele. Sorria com os olhos pela preocupação que ele tinha por ela. Ele poderia ser uma fera para os outros, mas para ela...ele era muito fofo.

    Eles voltavam para o covil quando uma enorme nuvem negra começou a cobrir o céu.

    - Mas...o que é aquilo?

    Ela apontava para o céu e para o inseto que se aproximava.

    - Me coloca no chão Venkar e come aquele veado, não podemos desperdiçar comida. Só não come minha faca.

    Ela sorria, parecia que mesmo sob ataque de algo desconhecido a demonesa gostava de pensar nos detalhes.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Sex Nov 20, 2015 3:19 pm

    - Humpf...

    Rosnou irritado por não ter conseguido apanhar a Kitsune, e logo a recolhia do chão, com uma das garras. E enquanto retornava para o covil, parou. Percebeu que algo não estava certo, o ruído da natureza e dos animais havia cessado... até mesmo o vento parecia parado e tenso. O dragão olhou para o céu somente depois de ouvir Yumi perguntar o que era aquilo. E finalmente compreendeu o que estava havendo e seus olhos em fenda se arregalaram um pouco, nunca tinha visto um inseto daquele tamanho, e o seu ferrão tinha realmente uma aparência assustadora.

    Porém ele não tinha conquistado sua amizade para perdê-la para um inseto ou mesmo um enxame. Ele trouxe a raposa mais para perto de seu tórax escamoso e foi na direção das duas metades de veado que sangrava, uma metade devorou em uma só mordida e a outra preferiu deixar ali mesmo, com a faca de Yumi cravada ainda nela.

    Retornou rapidamente para o covil e a depositou no chão de pedra, sem falar nem pedir permissão, logo em seguida ele se virou novamente para o enxame que se aproximava cada vez mais e abriu seu imenso e majestoso par de asas negras, para parecer muito maior e mais ameaçador, nesta posição ele mostrava toda sua vasta envergadura de quase dezoito metros. Bloqueava toda a visão de Yumi para a parte externa da caverna. Arreganhou os dentes e então soltou um rugido ensurdecedor com a bocarra aberta, para intimidar e talvez afugentar aqueles insetos gigantes.

    - RRRRRRRRRRRROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOAAAAAAAAAAAAAAARRRRRR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    A força e intensidade eram tantos que fazia deslizar pequenas pedras na encosta da caverna, e o chão vibrar por alguns segundos.
    avatar
    Tetsuya Kitsune

    Mensagens : 237
    Data de inscrição : 16/10/2015
    Idade : 29
    Localização : ViolentoLand

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Tetsuya Kitsune em Sex Nov 20, 2015 4:06 pm

    O inseto mais próximo de ambos não parecia ter se intimidado pelo rosnado, muito embora estivesse numa clara desvantagem contra o dragão. Mas como insetos, parecia regido pelos instintos, sem qualquer tipo de raciocinio lógico ou de auto-preservação, e continuaria avançando na direção do dragão - agora, o unico ser vivo visivel pela multitude de olhos de seu enorme globo ocular negro e multifacetado. O inseto direcionou o ferrão para frente e, surpreendentemente, disparou-o como um arpão na direção do dragão. Um arpão de quase 1m de comprimento, em sua extremidade aquele liquido amarelado, cáustico, reservando uma surpresa para quem fosse atingido.

    Mas...no meio do trajeto, algo dourado vindo de cima pareceu descer sobre o ferrão, um vulto rápido. A poucos metros da entrada do covil, Venkar poderia ver o que parecia ser várias lâminas dispostas radialmente sobre o centro, uma espécie de estrela metálica, de um metal dourado que parecia emitir brilho próprio. Yumi sentiria um mal estar imediato;a energia sagrada que aquela shuriken dourada emitia fazia esse efeito até mesmo naquela distância. Parecia ter atingido o ferrão em pleno vôo e cravado-o no chão, inutilizando o ataque da criatura. Um segundo se passou até que 5 daquelas armas alvejassem o enorme inseto; eram afiadas o suficiente para não encontrar qualquer resistencia na carapaça do inseto, atravessando-o em multiplos pontos, decapitando o abdome, asas, partindo o tórax em 2 e a cabeça ao meio, as laminas seguiriam seu curso na direção da floresta.

    Uma voz feminina, forte, xingava do ponto de origem dos arremessos daquela arma.A voz era carregada de um tom rabugento, mas ainda assim era uma das mais belissimas que Venkar e Yumi teriam ouvido. Inspirava respeito e admiração, respeito e confiança, muito embora ainda sequer tivessem visto quem as dizia. Que, por curiosidade, não parecia emitir qualquer tipo de presença ou energia; não fosse sua voz, poderia passar facilmente desapercebida.

    -Sinceramente, Fuyu...como você deixa uma horda desse tamanho de Baalzebub, o Senhor Das Moscas, vir pra Terra com tanta facilidade assim?Seu idiota...vamos ter uma conversa séria sobre isso depois...

    E finalmente, a dona daquela voz saltou para frente do covil. Era uma silhueta feminina, vestindo trajes brancos com detalhes em dourado bem aderidos ao corpo, cobrindo-a dos pés até o nariz, deixando somente os olhos dourados brilhantes e os longos cabelos loiros soltos, caindo-lhe até a cintura. Parecia ser um traje usado por espiões, assassinos, ou ladinos, mas o branco demonstrava uma pureza incaracteristica para tais funções. O que mais chamaria a atenção na mulher, porém, seriam os 3 pares de asas angelicais, que agora começavam a se fechar, que abertas teriam quase 3,5m de envergadura.

    Ainda não parecia emitir qualquer tipo de aura, energia, cheiro, ou nada do tipo, muito embora a visão daquela belíssima e graciosa mulher parecesse deixar claro se tratar de uma figura esmagadoramente imponente. Ali, de costas para Venkar, apenas observava os restos do inseto no chão, seu sangue corrosivo se espalhando pelo chão, e infelizmente sobre o restante do veado morto - provavelmente nao seria prudente comer aquela outra metade. Virou o rosto pro lado, olhando para o enorme dragão negro ali, parecendo curiosa com aquele ser. Baixou a máscara que cobria o rosto; os lábios da arcanja, assim como os contornos de seu rosto pareciam quase esculpidos por uma entidade divina, de fato; obviamente nao era humana; era impossivel um ser humano ter tamanha simetria e perfeição nos traços.

    -Um...demonio? não, não parece...o que está fazendo aqui? O que você é?

    No céu, a nuvem de insetos permanecia se aproximando, perigosamente. Deveria haver centenas daquelas abelhas, vespas, o que fossem. Ainda assim, a loira não parecia dar mais atenção à eles do que dava agora a Venkar. Não havia hostilidade nos olhos dourados da mulher, havia apenas...curiosidade.

    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Sex Nov 20, 2015 5:03 pm

    Ele a deixou no chão e protegia toda a entrada da caverna com o seu enorme corpo. Ela abriu a boca para dizer que podia ajudá-lo, mas tornou a fechar quando viu sua expressão séria.

    Viu o sair e urrar, mas para a sua audição sensível aquele urro era ensurdecedor. Colocou as mãos nas orelhas e abaixou seu corpo, como se ficar com a cabeça entre as pernas fosse diminuir o som. Obviamente não diminuía, mas a dor que sentia fazia pensar em qualquer plano.

    Tão logo o barulho parou, ela se levantou um pouco tonta e foi andando na direção dele.

    - Venkar, o que está havendo aí f...

    Sua fala era interrompida quando aquela energia angelical tomava o lugar. Ela se apoiava com uma mao na parede e levando a outra a testa. O que era aquela energia? Por que ela se sentiu mal de repente?

    Então escutou uma voz, falando de Fuyu... Quantos tinha o nome do seu Overlorde? De quem era aquela bela voz?

    - Venkar, quem está aí?

    Falava a demonesa com uma voz inferior ao convencional, a de quem claramente não tava bem.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Sex Nov 20, 2015 6:46 pm

    Venkar se preparou para enfrentar o seu primeiro oponente quando o inseto se aproximou mais e disparou o seu enorme ferrão. Estava confiante que sua couraça seria o suficiente contra aquela arma. Quando achou que iria ser atingido, viu o ferrão ser atingido por algo dourado e muito rápido! Depois viu o inseto gigante ser praticamente despedaçado por mais dessas coisas douradas que o atravessaram como se não fosse nada e seguia para a floresta, onde estava.

    Ouviu então a voz, era diferente de todas as que tinha ouvido antes, mas talvez por ele não ser humano, não despertava todas estas emoções positivas no enorme dragão. Ele olhou na direção que veio o som e nada viu. Porém não desfez a pose ameaçadora, pois algo com poder para acabar com o inseto monstruoso desta maneira, podia ser uma ameaça para si também. Sentia um leve desconforto, não sabia o porque, emanado das estrelas de lâminas douradas. Não tanto quanto Yumi, mas não tinha visto o estado dela pois ela ainda estaria atrás de si.

    Enfim o "dono" da voz surgiu diante de si, era uma fêmea belíssima para os padrões humanos e o dragão ficou realmente impressionado com a figura á sua frente, percebeu porém que não se tratava de uma humana, pois tinha os traços perfeitos demais... e principalmente por causa dos pares de asas angelicais ás suas costas. Iria responder á pergunta dela quando ouviu a voz da raposa á sua direita e moveu o focinho enorme na direção, mas mantendo um olho na outra moça alada.

    - Yumi.. eu falei para que ficasse...

    Foi quando notou que ela não parecia bem, e virou o focinho de forma plena para a figura alada, rosnando e estreitando os olhos.

    - O que fez com Yumi ? Eu sou um dragão e aqui é o meu covil. Você despedaçou um dos insetos, então imagino que não seja uma inimiga... depois de cuidarmos do enxame podemos conversar mais adequadamente.
    avatar
    Tetsuya Kitsune

    Mensagens : 237
    Data de inscrição : 16/10/2015
    Idade : 29
    Localização : ViolentoLand

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Tetsuya Kitsune em Sab Nov 21, 2015 6:14 am

    -Ah, sim, a horda! Eles ja devem estar cuidando disso agora, de forma sutil!

    A loira sorria, os dentes perfeitamente alinhados, brancos como a mais pura neve, e olhava para o céu.
    Pequenos e multiplos pontos brancos começavam a entrar no meio daquela nuvem negra, pouco a pouco abrindo buracos; era um combate no céu, de seres alados contra os insetos gigantes. A bela mulher parecia descontente, porem; o combate nao parecia nada sutil, com varios pontos dourados de magia sagrada chamando uma enorme atençao no céu. Como se perdesse a compostura, a loira erguia o braço pra cima e começava a praguejar.

    -Voces entendem o que significa sutil!? Nao foi assim que os treinei! Vao se ver comigo na cidade de Prata, eu vou....

    E quando menos esperava, olhava alguns pontos no céu diferentes; pareciam ser blocos de gelo dourados esmagando ou congelando alguns dos insetos. A arcanja perdeu completamente a calma.

    -POR TUDO O QUE HÁ DE MAIS SAGRADO NESSE MUNDO, EU DISSE PRA FICAR EM CASA SEU PIVETE!! ESSA MISSAO ERA PROIBIDA PRA VOCE! QUANDO CHEGAR EM CASA VAI APANHAR TANTO QUE SUA MA....QUE EU NEM VOU RECONHECER! ESTA DE CASTIGO PELOS PROXIMOS 2 SECULOS!!

    A loira até entao calma e gentil parecia adquirir uma personalidade explosiva e rabugenta únicas, muito parecidas com uma figura que Yumi só viria a conhecer daqui 3 anos. Mas a furia daquela mulher só poderia ser comparada a de uma mae que protege sua cria, e agora começava a emanar uma presença assustadoramente poderosa, sagrada, imponente. Aquela aura de luz parecia exercer um efeito de gravidade esmagador, Yumi e mesmo o grande dragao sentiria como se o solo lhe puxasse para baixo, ou que a caverna lhe soterrasse todo o corpo, tornando-o quase incapaz de respirar, com uma graça majestosa. Aquela mulher, apesar da aparencia frágil, deveria ser uma existencia impossivel de existir naquele plano. Distraida com a raiva, ela abria e erguia as belissimas 6 asas, de onde várias penas se soltavam e começavam a girar em torno de si; cada pena se transformava e projetava um feixe de luz intenso, que voou quase imediatamente contra a nuvem de insetos. Se todos aqueles soldados lutavam contra os insetos, agora veriam vários daqueles feixes zigue-zaguearem pelos ceus, desintegrando imediatamente cada ponto negro que tocava, e em questao de segundos ja nao havia mais um enxame. Era possivel ver a hoste angelical no céu recuar de medo da loira, temerosos da retaliaçao daquela que parecia ser a lider.

    A arcanja respirou fundo, jogando a mao nos cabelos e ajeitando-os, se acalmando. Até perceber o que fazia ao dragao e a uma pequena figura ali atrás dele. Recuou sua propria aura, levando a mao a boca, gesticulando de forma agitada com a outra mao, em apuros. Por sorte, até mesmo a arma dourada havia sido desfeita.

    -A-ahh....me desculpe, me desculpe mesmo sr. Dragao! V-voce esta bem? E voce escondida ai atras, esta bem? D-Desculpe, mas é que eles realmente fazem coisas que me deixam irritadissima...mas isso nao justifica descontar em voces!

    E se aproximava, passando a mao com cuidado sobre a o focinho daquele ser, dando inclusive um abraço arrependido.Tentava ver melhor a segunda voz, a quem ainda nao conseguia ver por completo.
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Sab Nov 21, 2015 9:19 pm

    Yumi era curiosa o suficiente para ignorar o conselho de Venkar e passar facilmente por debaixo das asas dele e vislumbrar a bela mulher de asas e o que acontecia nos céus.

    Ouviu o "sutil" e quando olhou para o céu discordou do que ela estava dizendo, não tinha nada de sutil ali. Arqueou uma sobrancelha e voltou os olhos para a anja. Nunca tinha visto uma antes, mas sabia que algo sagrado ela era.

    Deu um sobresalto quando ela começou a berrar e olhou para o céu tambem e observou que no meio dos feixes de luz, algo se diferenciava. Bloco de gelo? É isso mesmo? Ela piscava e olhava melhor...e se perguntava como aquilo era possivel.

    Mas no meio de mais um dos seus pensamentos, ela sentia algo puxando-a pra baixo. Aquela belissima mulher emanava uma aura tão poderosa que Yumi sentia que era esmagada, impossivel de se manter em pé. Ela caia de joelhos e perdia o ar. Apoiava o corpo com uma mão para que não caisse no chão e levava o outro ao peito. Aquilo doía...não conseguia respirar...o que estava acontecendo, porque ela estava fazendo aquilo?

    Perguntas flutuavam em sua cabeça e o desespero de não conseguir respirar só aumentava. Seu peito doía, ela só queria que aquilo parasse.

    E de repente parou. A mão que estava no peito, foi ao chão. E ela respirava ofegante, e ficou naquela posição por mais um tempo, estava fragilizada demais pelas ultimas coisas que aconteceram para ousar se mexer.

    - q-quem...é... v-você?

    Falava com notavel dificuldade, ainda de cabeça baixa.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Sab Nov 21, 2015 10:02 pm

    Yumi poderia não só passar por debaixo das asas do dragão mas como também por entre as suas pernas, já que ele estava sobre as quatro garras e preparado para lutar caso fosse necessário. Uma parte de si estava desapontada por ter sido impedido de voar e estraçalhar a ameaça que o enxame representava. Olhou para o céu e viu o combate, mas não havia mesmo nada de sutil ali. Se sobressaltou com a gritaria da mulher para quem quer que estivesse no céu e voltou a atenção para ela.

    Iria rosnar para ela cessar a gritaria quando sentiu uma pressão estranha, como se alguma coisa o tivesse pressionando contra o solo da floresta. Ele cravou as garras enormes no chão, tentando resistir á pressão crescente e a sensação de estar sendo sufocado pouco a pouco, o que estaria acontecendo? A luz e a força invisível claramente vinha da estranha mulher alada... ela veio para o eliminar? Ele não cairia sem lutar...! Mas nada podia fazer a não ser resistir e ceder lentamente, sua força física não parecia ser páreo contra aquele poder místico avassalador.

    Estava quase perdendo a consciência, quando a anja pareceu finalmente perceber o que fazia e fez desaparecer sua aura de imenso poder, aliviando a enorme fera negra dos efeitos que estava causando nele e na kitsune ao seu lado. Respirava fundo, se recuperando, queria ficar o mais longe possível daquela mulher, daquela ameaça... e recuou o focinho um pouco quando ela tentou lhe tocar. Vai ver que seu toque significava a morte?

    - ...se..afaste..!! ..não toque.. em mim!!

    Rosnava enquanto respirava com dificuldade, os dentes cerrados e recuou o focinho mais ainda. Suas amplas asas, outrora abertas e majestosas estavam caídas ao lado do enorme corpo negro e escamoso.
    avatar
    Tetsuya Kitsune

    Mensagens : 237
    Data de inscrição : 16/10/2015
    Idade : 29
    Localização : ViolentoLand

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Tetsuya Kitsune em Dom Nov 22, 2015 7:44 am

    Pela distancia, era dificil discernir o pontinho que criava aquele gelo dourado, mas nao parecia ter as mesmas asas chamativas e enormes dos demais. Parecia ter...caudas, talvez? De qualquer forma, depois da "sutileza" do ataque da loira, o pontinho parecia se segurar em um dos anjos e sair dali, como os demais. Quem sabe um dia conhecesse aquela figura pessoalmente...

    A loira agora mantinha as asas dobradas, e viu sua tentativa frustrada de se desculpar do dragão, e acabou dando um pulinho no ar de braços abertos, pegando apenas o ar. Aos poucos foi se recompondo, e agora que nao emanava mais aquela energia sagrada, logo logo Yumi e Venkar se sentiriam a vontade novamente, sem aquela horrivel sensação de experiencia quase-morte

    -Me desculpe mesmo, sr. Dragao! - ela dizia, se curvando diante de ambos, num pedido de desculpas exagerado.

    -Eu...não faço esse tipo de coisa, mas aquele pirralho imprestável, idiota, malcriado, desbocado e...-a cada adjetivo, ia fechando mais o punho, de raiva, até que viu a garota cair ao chão ali. Mas a primeira coisa que notava seriam as caudas e as orelhas. Os olhos dourados pareciam brilhar ainda mais.

    -Ahhhh!! Uma kitsune!! QUE-GRA-CI-NHA!!!

    E logo a loira se aproximava, ajudando-a a se levantar, e ia logo pegando as caudas todas para si, abraçando como se fosse um bichinho de pelucia. Novamente, a loira parecia completamente descontrolada, num 'ataque de fofura' desproporcional ao poder que exibira a pouco tempo. Era uma mulher um tanto...curiosa.

    -Meu filho tem caudas desse jeitinho!Mas nunca havia visto dessas cores! - parecia fascinada, se afogando nas caudas, mas logo soltava-as, procurando se recompor. Deu uma breve tosse, cobrindo a boca com a mão.

    -uh-hum...quero dizer...me chamo Iriel. Quem são vocês? e o que fazem aqui na Terra?

    Ela procurava manter a compostura séria, embora fosse possivel ver os delicados dedos da mulher tremendo para ficar apertando as caudas de Yumi, quase compulsivamente. A forma explosivamente elétrica e hiperativa da mulher, no entanto, só pareciam acrescer à graça que parecia esbanjar a cada gesto.
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Dom Nov 22, 2015 8:56 am

    As orelhas da raposa se mexeram quando ela reconheceu quem ela era... e parecia gostar. Yumi era ajudada a se levantar por ela e a olhava aos poucos, na medida que se levantava. Ela ouvia como ela chamava o filho e sorria, lembrando da própria mãe.

    Então via-a pegando suas caudas, e ao contrario do dragão ela parecia não se importar e até sorria com aquela reação.

    - Obrigada!


    Agradeceu achando graça como ela abraçava-se com suas caudas.

    - Seu filho?

    Então ela pensava no que via no céu, era mesmo caudas então?!

    - Ele tem asas também?

    Via que aquele ponto se segurava em outro anjo para sair dali, mas não tinha observado se ele tava agarrado em alguem enquanto fazia os ataques contra a horda.

    Voltava sua atenção para a conversa atual com a apresentação dela e as perguntas. Suas caudas balançavam distraidamente, quase que um convite para os delicados dedos tremulos da anja.

    - Meu nome é Yumi. Sou uma kitsune, filha de um senhor feudal do quinto circulo infernal. Estou aqui porque o nosso overlorde...

    Ela dava detalhes de quem era, porque se a anja tinha um filho kitsune, talvez ela entendesse o que a raposa estivesse falando. Mas havia uma certa tristeza na voz da raposa quando começou a dizer de quem era filha e a tristeza continuava quando falava de Fuyu.

    - ...Bom, o nosso overlorde parece ter surtado, e mandou que outros demonios nos atacassemos. Dizem que ele nos traiu, mas eu não acredito. Eu vi o ultimo discurso dele, não parecia ser ele...

    Falava com as orelhas baixas, parecia que Yumi realmente admirava Fuyu. Por ter poderes semelhantes, Yumi sempre observava ele, na tentativa e esperança de aprender algo.

    - Enfim, eu fugi de lá...meus pais não conseguiram.

    Ela terminava sua fala e olhava para ela melhor, como se um lampejo de ideias viesse a sua mente.

    - Como seu filho pode ser uma Kitsune?! Quem é o pai??

    Era direta e extremamente curiosa, mas falava no impulso e levava as mãos à boca com vergonha da indelicadeza que havia cometido.

    - Desculpa...quer dizer, estranho né??

    Tentava disfarçar de maneira inutil sua indelicadeza. Quanto a Venkar, notaria que Yumi tinha uma facilidade incrivel de conversar com qualquer ser que não parecesse que iria ataca-la. Ao contrario dele, Yumi não parecia ter traumas e motivos que a fizesse ser naturalmente arisca.
    avatar
    Venkar

    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 18/11/2015
    Idade : 41
    Localização : São José dos Campos

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Venkar em Dom Nov 22, 2015 9:28 am

    O dragão estava dividido entre aceitar o pedido de desculpas ou dar uma bocada na bela mulher de traços divinos... a aura de poder tinha feito muito mal á ele, e não acreditava a princípio que ela tinha feito isso "sem querer". Recuou um pouco mais o focinho, dando espaço para ela ver a Kitsune de forma plena e viu como a mulher-anjo agia, talvez... talvez ela estava sendo verdadeira em sua desculpa. Ele era mesmo naturalmente arisco como Yumi tinha percebido, mas tinha seus motivos.

    Quando Iriel pegou Yumi entre os braços e lhe deu um abraço apertado, Venkar finalmente percebeu que ela não desejava o mal, ela... era muito diferente e estranha ao mesmo tempo. Ele não estava acostumado com seres com esse comportamento ao mesmo tempo explosivamente furioso e carinhoso logo em seguida.

    Manteve-se um pouco distante das duas, dando passos ao redor delas quase que como se circulasse procurando uma posição para atacar enquanto as observava conversar e pelo que entendeu a anja tinha um filho parecido com a Kitsune. Pela forma que Yumi ficou sem jeito com a sua rajada de perguntas... e pela história que contou talvez...eles eram da mesma família?

    Parou de andar quando Iriel perguntou sobre os dois, ele já tinha respondido antes e portanto repetiu.

    - Esta caverna é o meu lar, eu e Yumi chegamos á esta floresta há menos de um dia.

    Ainda estava um pouco na defensiva, mas vendo como ela era, acabou cedendo.

    - Meu nome é Venkar. E porque você está aqui? Vieste apenas para combater aquele enxame demoníaco? Pois o que entendi foi um conhecido seu que permitiu que eles viessem....

    avatar
    Tetsuya Kitsune

    Mensagens : 237
    Data de inscrição : 16/10/2015
    Idade : 29
    Localização : ViolentoLand

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Tetsuya Kitsune em Dom Nov 22, 2015 11:11 am

    -Ele não tem asas, mas sempre dá um jeito de vir às missões assim mesmo...ele tem 14 anos, mas veja, tenho fotos de quando ele era bebê!! Ele tinha 2 anos, odiava que eu desse banhos nele nesa época. Se achava muito grandinho pra isso...-dizia, rindo, ao lembrar-se daquela época.

    E, como toda mãe que adora constranger os filhos, a mulher procurou dentro de suas vestes brancas o que parecia ser um pingente, e o abriu, exibindo-o a Yumi. Era uma foto de um kitsune de uns 2 anos de cabelos loiros, um olho dourado e um azul-gelo, numa espécie de banheira, todo molhado e nu. Estava de bracinhos cruzados, visivelmente rabugento e contra a vontade própria ali, com um temperamento que se estenderia até a idade adulta. O garotinho estranhamente tinha 2 caudas já com 2 anos, algo que teoricamente seria quase impossivel para aquela idade...mas talvez fosse apenas uma ilusão de optica, os pêlos repartidos de uma unica cauda?

    E, agora que o dragão estava menos desconfiado, aproveitou para dar outro salto e abraçaria a cabeça do dragão, se ele nao fugisse novamente.

    -Hohoho que criatura fofinha! Nunca havia visto um dragão antes! E essas escamas são tão reluzentes! - dizia ela, agitando as pernas no ar, com uma felicidade tipica de uma menininha que ganhava um bichinho de pelúcia.

    Mas as feições pueris da mulher foram pouco a pouco desaparecendo, conforme Yumi lhe contava o que havia acontecido.

    -Espere aí...o que quer dizer com Fuyu surtou!? ele jogou demonios contra demonios dentro do proprio feudo!? Mas como...eu o conheço a tanto tempo,ele jamais faria...!Mas ele tambem jamais deixaria uma horda de Baalzebub vir assim à Terra com tanta facilidade....talvez ele...

    Parecia confusa, levando a mão à testa, tentando compreender o que a garota lhe dizia. Os olhos dourados voltaram-se de um lado para o outro, como se buscassem na mente uma explicação plausivel. A loira se aproximou novamente da kitsune, segurando-a pelos ombros, os olhos dourados brilhando intensamente, mas pareciam trazer consigo uma ternura e compaixão únicas.

    -Não se preocupe, eu irei resgatar seus pais...e ter uma conversa séria com aquela raposa idiota. Vou enfiar algum juizo naquela cabeça dele, nem que seja à força. Eu te prometo!

    Iriel agora parecia ter uma pressa para resolver aquele problema, que parecia ser muito mais sério do que aparentava. Ela começava a se direcionar para a entrada do covil e abria as asas; aquela noticia parecia realmente ter abalado a belissima loira, que agora gesticulava negativamente com a cabeça.

    -Eu....peço desculpas novamente. Pelo que houve agora, e pelo que Fuyu fez. Mas vou corrigir tudo, preciso ver o que aconteceu de verdade...e cuidado, talvez ainda hajam insetos por aí!

    E tão rapidamente quanto ela chegara, a loira parecia ir embora, alçando vôo. Os 3 pares de asas lhe davam uma força enorme para o vôo, arremessando uma lufada de ar ali dentro que sem querer quase jogaria Yumi para trás, sem dar tempo para qualquer despedida. Estava abalada psicologicamente, mas tinha aquele lado explosivo e impetuoso de querer resolver tudo imediatamente. Nao iria deixar aquela raposa ali órfã. E acabaria por esquecer o pingente com a foto de Tetsuya nas mãos de Yumi. Em questão de segundos estaria distante...
    avatar
    Yumi Hayashi

    Mensagens : 120
    Data de inscrição : 06/11/2015

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Yumi Hayashi em Dom Nov 22, 2015 1:37 pm

    "Que treloso" Yumi pensou sobre o filho dela, mas sorria de como ela falava dele.

    - Ele deveria ser muito fofinho.

    Yumi segurava o pingente e observava cada detalhe. Estava certa, ele realmente era uma gracinha. Kitsunes bebês são sempre tão lindos, que com aquela cara de raivinha o pequeno na foto conseguia ficar ainda mais lindo.

    Mas ela aproximou a foto mais do rosto ao observar as duas caudas, isso era impossivel. Ou não era?! Seria só o efeito que a agua proporcionava? Era mais plausivel de ser.

    Ela iria perguntar algo sobre aquilo quando viu ela pular pra cima de Venkar. Falou sorrindo..

    - Venkar é muito fofo, mesmo. Mesmo quando tenta ser rabugento.

    Piscou para o dragão sorrindo, mostrando que estava brincando sobre o "rabugento".

    Mas voltou a atenção para ela quando falava de Fuyu. Então voltou a olhar para o pingente e para ela. A criança tinha algumas feições da mãe, inclusive a cor do cabelo e um dos olhos. Certamente era dela. E agora isso...Fuyu. Então era o Fuyu que ela conhecia, o seu overlorde. Não era possivel. Ele seria o pai daquela criança? Fuyu teve um filho? E com um ser superior?

    A cabeça da pequena raposa davam 200 voltas com tantas perguntas sem respostas. Ela precisava perguntar, será que a anja teria algum tempo para uma conversa?

    Fitava a mulher com tantas perguntas quanto ela, aflita e confusa. Abriu a boca para tentar responder a alguma coisa, quando ela a pegou pelos ombros. "essa mulher é extremamente forte para ter alguma autoridade sobre ele." pensou.

    - Espere...

    Foi tudo o que conseguiu dizer, mas já era tarde. A lufada de ar fez com que Yumi desse um passo para trás. E em poucos segundos já estava distante.

    - ... O pingente.

    Ela amava tanto aquela foto. Guardaria, um dia entregaria a ela. Fez essa promessa para si.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Chegada de Yumi e Venkar em Uolcity - 14 anos após o golpe...

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 5:49 pm